Cores e psicologia – A escolha das cores para o material gráfico do seu negócio.

#cores #psicologia #gráficasprodutoras #indústriagráficaoffset #marketing #materiaisgraficos

A imagem da sua empresa deve transmitir seu conceito principal e a confiança do ramo para seus clientes. O seu logotipo – imagem principal que vai constar nos seus materiais gráficos – é a primeira apresentação da sua empresa a um potencial cliente, e esse deve conter as cores representativas de sua marca. Ao escolher tais cores, você precisa entender o seu significado psicológico no mundo dos negócios. Confira só algumas cores e seus respectivos significados: 

O Azul significa honestidade, lealdade, responsabilidade e conservadorismo. A cor transmite a sensação de tranquilidade, é ideal para empresas do ramo da psicologia ou até consultoria financeira. Já o azul escuro, significa ambição e determinação, é uma boa cor para promover um negócio seguro. 

O vermelho, significa ação e paixão. Ele é ideal para empresas de fast-food ou negócios que envolvam velocidade e ação. Pode transmitir também, sentimentos como raiva, agressão e vingança. O Vermelho escuro insinua confiança, ideal para empresas de advocacia ou corretoras de imóveis.

A cor verde simboliza o equilíbrio, a segurança e o crescimento, sugerindo harmonia com o ambiente. Essa cor é uma ótima opção para empresas do ramo ambiental e também para sociais, como assistentes sociais, conselheiros e trabalhadores de caridade.

O laranja transmite a sensação de otimismo e positivismo. Representa também, o entusiasmo, fascínio, alegria, criatividade, determinação, atração, sucesso, encorajamento e estímulo. Portanto, se torna uma boa escolha para empresas relacionadas com alimentação, comunicação e interação social. Combina com aventura e ginásios, também. 

O amarelo simboliza o sol, o verão, a prosperidade e a felicidade. É uma cor inspiradora e que desperta a criatividade, estimulando as atividades mentais e o raciocínio. Apropriado para networkers, jornalistas, professores, animadores e palhaços.

A cor turquesa representa versatilidade e criatividade. Pode demonstrar também, conhecimento, integridade, poder, seriedade, generosidade, saúde, cura, frescor, limpeza. Sendo ideal para para professores, formadores e oradores, meios de comunicação e clínicas de saúde. 

O roxo significa imaginação e espiritualidade. Relaciona-se com o futuro, sonhos e fantasia. É uma boa opção para artistas, poetas, e atividades que lidam com o futuro. Cria uma sensação de riqueza, luxo e extravagância. Apropriado para empresas que oferecem serviços ou produtos de altíssima qualidade. 

A cor rosa representa o romantismo, a ternura, a ingenuidade, beleza, suavidade, pureza. É uma cor calmante, ideal para empresas com mercado feminino, incluindo cosméticos, moda, salões de beleza, doces e romance.

O dourado significa elegância, qualidade, luxo. Cor que se relaciona com vitória e conquista. 

O cinza é uma cor neutra e reservada. É adequado para empresas jurídicas e financeiras para sugerir poder e controle.

O branco é utilizado pela maioria das empresas como base do seu estacionário. É adequado para a maioria dos mercados-alvo. Se quer destacar da multidão, branco não é a melhor escolha.

Gostou das dicas? Na próxima semana falaremos sobre a combinação de cores para os materiais gráficos da sua empresa.

Os materiais essenciais para reconhecimento e sucesso da sua marca.

#offset #impressão #gráficasprodutoras #indústriagráficaoffset #empresas #materiaisgraficos

A maca de uma empresa é responsável por estabelecer uma presença no mercado, garantindo sucesso do negócio frente à concorrência. Apesar de as mídias digitais serem aliadas importantes no conjunto de alcance de públicos, o material gráfico se faz necessário devido sua funcionalidade e eficácia na ligação emocional do cliente e consequentemente, sua fidelização.

O material gráfico é o ponto de contato direto da sua marca com seus consumidores. O cartão de visitas por exemplo, tem função de realizar a impressão duradoura entre cliente e empresa, diferentemente de apresentar um conteúdo audiovisual em uma reunião, que causará somente o impacto inicial. Um folder informativo e bem elaborado dado ao cliente após um contato, agregará valor ao seu serviço, estimulando o cliente à analisa-lo de modo que, relembre o conteúdo conversado minutos antes da entrega do material. O meio digital é um complemento do material físico, visto que, o digital não exige tanto da atenção do leitor quanto o material impresso que está na mão dele – um post no facebook pode ser ignorado com um simples passar de dedos.

Em um mercado comercial competitivo, ter uma marca é mais que oferecer serviço. Significa agregar valor ao produto, à marca e à empresa. A identidade precisa criar um vínculo com o consumidor e estabelecer uma conexão emocional, com o propósito de tornar todos os seus públicos (tanto clientes, quanto fornecedores e colaboradores) fiéis à sua marca.

Logo, sua marca precisa ser divulgada, usada, vista, conhecida e reconhecida. Aqui vão alguns itens essenciais:

Cartões de visitas

Começando pelo essencial, o cartão de visitas é a primeira impressão que a pessoa vai ter da sua marca. Ela precisa ser representada com as suas cores, seu logotipo e dados básicos de contato. O uso de QR code é bastante criativo e eficiente, podendo encaminhar o leitor até uma landing page, seu site ou sua rede social principal.

Folder

Para apresentação dos produtos e serviços, você precisa de um folder bem elaborado contendo fotos e informações importantes da marca, dos produtos e/ou serviços.

Panfletos

O panfleto é ideal para ser amplamente divulgado (grande tiragem) em casos de promoção, novidades e informativos. Ele é ideal para empresas que querem ampliar seu alcance.

Catálogos


O catálogo é um item essencial para apresentação detalhada de seus produtos e/ou serviços. Nesse material, deve-se conter especificações e detalhamento do quê você oferece. 

A Evolução da Impressão Offset para os dias atuais.

#offset #impressão #gráficasprodutoras #indústriagráficaoffset #impressãográfica #evoluçãodooffset

A impressão offset originou-se da evolução do sistema de impressão Litográfica no final do século XVII. A Litografia era realizada a partir de uma matriz de pedra polida, pressionada contra o papel, contendo substâncias gordurosas e água. Esses dois últimos elementos eram usados a fim de impedir que a tinta ocupasse o lugar fora da figura que receberia a tinta.

A impressão ocorria da seguinte forma: a figura esculpida na pedra recebia gordura e logo após era umedecida com tinta. Então, a pedra era “lavada” com água para remover a tinta desnecessária e, o que sobrava era a tinta que ficava grudada na gordura. Com essa matriz pronta, era preciso somente pressionar o papel contra a pedra para obter a impressão.  

Com a evolução das técnicas, a impressão começou a ser em metal, podendo adquirir formas cilíndricas, o que permitia o processo ser realizado em formas rotativas.

Em 1875 a primeira manta com base de tecido e borracha foi colocada sobre um cilindro entre o papel e o metal, com intuito de ajudar a regular a quantidade correta de tinta, irregularidades de suporte e absorver possíveis impactos. Surge então, a banqueta. A inclusão da blanqueta no processo evita borrões e o excesso de tinta, pois, ao encostar na chapa absorve a tinta melhor, e permite que nem toda a tinta seja transferida ao papel.

A impressão offset é a impressão litográfica aperfeiçoada e automatizada. Por ser feita em grande tiragem, oferece melhor custo benefício para o consumidor final. Ela é a responsável por cartões de visita, impressão de pastas comerciais, envelopes, revistas, catálogos, jornais, blocos e talões em geral.

A Impressão Offset é ideal para os seguintes mercados: