A Evolução da Impressão Offset para os dias atuais.

#offset #impressão #gráficasprodutoras #indústriagráficaoffset #impressãográfica #evoluçãodooffset

A impressão offset originou-se da evolução do sistema de impressão Litográfica no final do século XVII. A Litografia era realizada a partir de uma matriz de pedra polida, pressionada contra o papel, contendo substâncias gordurosas e água. Esses dois últimos elementos eram usados a fim de impedir que a tinta ocupasse o lugar fora da figura que receberia a tinta.

A impressão ocorria da seguinte forma: a figura esculpida na pedra recebia gordura e logo após era umedecida com tinta. Então, a pedra era “lavada” com água para remover a tinta desnecessária e, o que sobrava era a tinta que ficava grudada na gordura. Com essa matriz pronta, era preciso somente pressionar o papel contra a pedra para obter a impressão.  

Com a evolução das técnicas, a impressão começou a ser em metal, podendo adquirir formas cilíndricas, o que permitia o processo ser realizado em formas rotativas.

Em 1875 a primeira manta com base de tecido e borracha foi colocada sobre um cilindro entre o papel e o metal, com intuito de ajudar a regular a quantidade correta de tinta, irregularidades de suporte e absorver possíveis impactos. Surge então, a banqueta. A inclusão da blanqueta no processo evita borrões e o excesso de tinta, pois, ao encostar na chapa absorve a tinta melhor, e permite que nem toda a tinta seja transferida ao papel.

A impressão offset é a impressão litográfica aperfeiçoada e automatizada. Por ser feita em grande tiragem, oferece melhor custo benefício para o consumidor final. Ela é a responsável por cartões de visita, impressão de pastas comerciais, envelopes, revistas, catálogos, jornais, blocos e talões em geral.

A Impressão Offset é ideal para os seguintes mercados: 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *