O fator coincidência na tomada de decisão #Publicidade #Coincidência #ImpressãoOffset #Baader-Meinhof

Você já percebeu que, quando você deseja algo, seja objeto ou estado de espírito, isso começa a aparecer com mais constância no seu cotidiano?

Esse fenômeno tem nome e explica muita coisa pra gente dentro da publicidade: ele se chama efeito Baader-Meinhof e é uma ilusão de frequência.

Como acontece: Ao tomar consciência de que um objeto existe, começamos a vê-lo com mais frequência em nossa rotina. Isso é, quando você percebe pessoas falando sobre o assunto que você tomou consciência ou objetos e estímulos externos que remetem a ele. Quer um exemplo mais fácil de entender? É quando você adota um vira-latinha cor caramelo e de repente percebe que existe um cachorro EXATAMENTE IGUAL a ele em toda esquina brasileira.

Nós seres humanos notamos padrões e alguns desses padrões são chamados pela sociedade de “coincidência”, sendo um gatilho muito forte para a tomada de decisão. Sabe aquela coisa: acho que a vida está querendo me mostrar algo? Então, é isso mesmo.

Para relacionar isso com a publicidade não é difícil. Essa ilusão sempre foi o objetivo dos anunciantes e os esforços do marketing trabalham para isso. Se você é da área, já sabe que uma empresa pode pagar para que esse efeito seja efetivo, seja na internet ou fora dela. Opções de remarketing e ultra-segmentação são uma maneira de emular o efeito Baader-Meinhof nos usuários. Utilizando técnicas simples, que estão disponíveis aí no seu gerenciador de anúncios de qualquer plataforma paga, você consegue gerar a sensação de “coincidência” na sua audiência.

E esse fator enriquece a sensação de segurança que o usuário tem ao se conectar com a marca, o que consequentemente aumenta a probabilidade dele gastar dinheiro com você.

Agora uma pergunta: quantos vira-latas caramelo você vai encontrar a partir de hoje?

Compartilhe o conteúdo em suas redes sociais.

Deixe seu comentário